"EM PRIMEIRO LUGAR, PRECISAMOS ENTENDER QUE NOSSA CASA, A BOFG, NÃO É UMA 'IGREJA TRADICIONAL', NADA CONTRA ISSO, MAS SOMOS UM CENTRO APOSTÓLICO"

VISÃO DA CASA EM AÇÃO:

"O Senhor me respondeu e disse: Escrevei a visão; fazei-a bem legível em tábuas, para que corra aquele que a ler. Porque a visão é ainda para um tempo determinado, mas, no fim, falará, e não mentirá; ainda que demore, espera-o, porque certamente virá, não tardará."
Habacuque 2:2-3 ARA

O QUE É UM HUB OU SIGNIFICADO?

Os Hubs são centros centralizados na Graça e no poder do Espírito Santo, onde os cristãos são treinados, equipados e ativados para proclamar o Rei e Seu Reino. Os Hubs servem como centros de distribuição para divulgar as Boas Novas e avançar o Reino de Deus em cidades, regiões e países específicos.

OBSERVAÇÃO: TODOS OS MINISTÉRIOS SÃO BASEADOS NESSES 4 PILARES:

1- Evangelizar - (converter, pregar e ensinar a palavra)

No início do processo de visão, preparamos as almas para Cristo por meio da conversão, do ensino da Palavra, da libertação, do batismo, ensinando-as a viver e a manifestar o Reino de Deus em suas vidas. Mas esse treinamento é sobrenatural, pois não apenas pregamos a Palavra, mas também testificamos e manifestamos o poder de Deus por meio de milagres, curas, palavras proféticas, visões e palavras de conhecimento.

2- Afirmar

No processo seguinte da visão, confirmamos e fortalecemos a decisão tomada pelo convertido, e o acompanhamento adequado é fornecido (vídeos, estudos, frequência aos cultos, seguir nossas mídias sociais, participar e manter-se informado sobre tudo) até que eles desenvolvam o fundamento básico de sua nova vida em Cristo.

É importante saber:

Não trabalhamos como "babás"; todos precisam crescer e alcançar sua maturidade espiritual e seu potencial em Cristo. Isso não significa que vamos desrespeitá-los ou tratá-los de forma diferente.

O Apóstolo Paulo nos diz em 1 Coríntios 3:1-3a: "Irmãos, eu não poderia me dirigir a vocês como espirituais, mas como mundanos - meros bebês em Cristo. Eu lhes dei leite, não alimento sólido, pois vocês ainda não estavam preparados para isso. De fato, vocês ainda não estão prontos. Vocês ainda são mundanos..."

Paulo reconheceu que a Igreja de Corinto tinha um comportamento carnal e, por isso, ele só podia falar com eles em um nível muito básico, o que era um desperdício.

Entretanto, entenda que a maturidade espiritual não é alcançada por meio de conhecimento teórico; é o resultado de um coração cheio de fome e sede de Deus. Viver dessa forma é o desejo de Deus e é o estágio que todo cristão deve alcançar, mas muitos não conseguem chegar lá. O orgulho, a falta de interesse e a falta de comprometimento são alguns dos fatores que tornam a maturidade uma meta distante.

3- Discípulo

A meta do discipulado é ensinar, treinar, equipar e ativar dons e chamados, além de oferecer o cuidado dos líderes, pois seu objetivo é o crescimento contínuo e constante do indivíduo.

4- Enviar

Quando os líderes são enviados dentro da igreja local com o DNA da casa, para abrir outro BOFG, seja saindo da casa ou como mentores para iniciar um grupo de discipulado, eles já estarão cumprindo os quatro estágios da visão, pois estão equipados com o poder e os dons necessários para estender o Reino de Deus e desenvolver cada área que lhes foi confiada. Além disso, à medida que crescem espiritualmente, eles podem ser promovidos a diáconos, presbíteros ou ministros, de acordo com o chamado de Deus para suas vidas."

Rolar para cima